STAB

Sociedade dos Técnicos Alcooleiros e Açúcareiros do Brasil

A STAB é uma pessoa jurídica de direito privado, com natureza e fins civis de intuito não lucrativo, tendo como objetivo principal o intercâmbio científico, técnico e cultural entre as diversas regiões produtoras de cana-de-açúcar do Brasil e do exterior. Oitenta e dois técnicos iniciaram seu movimento de fundação em 18 de julho de 1963. Hoje a STAB é sem dúvida o sustentáculo dos técnicos brasileiros que atuam no setor sucroalcooleiro. Em sua dinâmica de trabalho, a STAB promove encontros entre os técnicos, através de cursos, seminários, simpósios, workshops e congressos. Esses eventos permitem uma ampla e profunda discussão sobre os problemas e soluções inerentes à participação da agroindústria da cana-de-açúcar no contexto técnico, econômico e social do país.

Sua História Em 1963, um grupo técnicos do setor sucroalcooleiro, fundou a STAB com o objetivo básico, já naquela época, de propiciar o intercâmbio científico e cultural entre as várias regiões produtoras de cana-de-açúcar, álcool e derivados, não só no Brasil, como no exterior, sempre primando pela conquista e aprimoramento de novas técnicas e procedimentos colocados em prática desde o campo até a fábrica.

Depois de 57 anos de existência, seus objetivos permanecem mais vivos do que nunca. A visão dos fundadores permanece como uma realidade inalterável e continua até hoje dando seus frutos para que os atuais e futuros profissionais do setor adquiram o conhecimento necessário para oferecer à nação uma contribuição sempre mais efetiva no ordenamento da produção açucareira e alcooleira no país e no mundo.

Entre as conquistas mais recentes está a criação do Núcleo de Convenções da STAB Regional Sul, uma iniciativa que vem de encontro com as necessidades do setor no que se refere à convivência, troca de experiências e reciclagem de conhecimentos nas diferentes áreas de atuação dos seus associados.

Estrutura Interna Sala de Reunião
Auditório Hélio Morganti
(capacidade para 100 pessoas)
Sala de reunião
(capacidade para 16 pessoas)

STAB 50 anos

Uma Jornada de Sucesso

Fundada há 50 anos, a STAB - Sociedade dos Técnicos ­Açucareiros e Alcooleiros do Brasil, é hoje um forte instrumento de apoio à disseminação de tecnologia e ao desenvolvimento da agroindústria da cana de açúcar. Do pequeno grupo que iniciou o movimento de criação da entidade, hoje ultrapassa a casa dos 3.000 associados que fi­liados num mesmo ideal vem dando uma valorosa colabo­ra­ção ao setor sucroenergético do Brasil.

A STAB é uma entidade sem fins lucrativos tendo como ­objetivo principal o intercâmbio científico, técnico e cultural entre as diversas regiões produtoras de cana, açúcar, álcool, energia e subprodutos do Brasil e do exterior, sempre focando a transferência e conquista de novas tecnologias e procedimentos colocados em prática desde o campo até a fábrica. Dividida em 04 regionais, Sul, Centro, Leste e Setentrional, mais de 3.000 sócios traçam um perfil completo que atinge além de todas as áreas da agroindústria canavieira, os forne­cedores e produtores de equipamentos, serviços e insu­mos.

As comemorações do jubileu de ouro se deu com a realização do XXVIII Congresso da ISSCT, realizado em junho em São Paulo e em outubro durante o Workshop de Cana Crua que ocorreu no dia 02 de outubro, no Anfiteatro do Departamento de do Departamento de Agroindústria ­Alimentos e Nutrição (LAN), da Escola Superior de Agri­cultura Luiz de Queiroz (ESALQ), onde a STAB comemo­rou a data reconhecendo que são as pessoas e suas histó­rias que fazem e continuarão fazendo o sucesso da associação.

A totalidade dos associados, traça um perfil dos mais completos, atingindo além de toda a cadeia produtiva da cana, açúcar, álcool e subprodutos, as empresas fornecedoras de bens e consumo.

Em sua dinâmica de trabalho, a STAB já promoveu mais de 600 eventos entre seminários, simpósios e encontros técni­cos, 10 congressos nacionais e 03 congressos internacionais da ISCCT - International Society of Sugar Cane ­Techonologists, em 1977, 1989 e 2013. Em 1082 foi criado o órgão de divulgação, a Revista STAB - Açúcar, Álcool e Subprodutos, com a finalidade de publicar trabalhos de pesquisa e tecnologia. Também inúmeros livros técnicos são publicados e comercializados através da STAB.

Essa é a missão da STAB, promover eventos entre pesqui­sadores, técnicos e profissionais que permitam uma ampla e profunda discussão dos problemas, soluções e inovações inerentes ao desenvolvimento tecnológico, econômico e so­cial do setor sucroenergético brasileiro.


ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

Visando uma maior dinamicidade, a STAB é dividida em quatro regionais, sendo que uma delas acumula a condição de sede nacional.

Diretorias

Nacional e Regional Sul
Presidente: José Paulo Stupiello - Secretário/Tesoureiro: Raffaella Rossetto - Conselheiros: Ericson Ap. Marino, Fernando Antonio da Costa Figueiredo Vicente, Florenal Zarpelon, Guilherme Barretto Livramente Prado, Hermann Paulo Hoffmann, Márcia Justino Rossini Mutton e Oswaldo Alonso.

Regional Centro
Presidente: Nelson Élio Zanotti - Secretário/Tesoureiro: Luiz Cláudio Inácio da Silveira - Conselheiros: Antônio Marcos Iaia, Jaime de Vasconcelos Beltrão Júnior, José de Souza Mota, José Emílio Teles de Barcelos, Luiz Antônio de Bastos Andrade, Marcelos Paes Fernandes, Márcio Henrique Pereira Barbosa

Regional Leste
Presidente: Cândido Carnaúba Mota - Secretário/Tesoureiro: Celso Silva Caldas - Conselheiros: Antônio José Rosário de Sousa, Alexandre de Melo Toledo, Iedo Teodoro, Luiz Magno E. Tenório de Brito, Ricardo Feitosa, Rogério Gondin da Rosa Oiticica

Regional Setentrional
Presidente: Djalma Euzébio Simões Neto - Secretário/Tesoureiro: Antônio José Barros de Lima - Conselheiros: Arlindo Nunes da Silva Filho, Cesar Martins Cândido, Emidio Candido Almeida de Oliveira, Francisco de Assis Dutra Melo, Hidelrado Fernandes de Oliveira Borba, Jair Furtado Soares de Meirelles Neto, Marlene de Fátima Oliveira